sábado, 16 de junho de 2007

AMORTECEDOR

AMORTECEDORES


AMORTECE


DORES


AMOR


TECEDOR


AMOR


TECE


DORES


AMORTECEDORES

Sylvio Steps - 21 de março de 2005


3 comentários:

Erika disse...

querido Sylvio
como já te disse, esse é um dos meus poemas concretos preferidos, ao lado de nomes como Haroldo e Augusto de Campos

Você usando-se de uma palavra simples e despretensiosa, extraiu talvez uma das nossas gdes verdades
"amor tece dores"

eh a sua genialidade na simplicidade
perfeito!!!!

Juliana Alves disse...

Felicidade?

Disse o mais tolo: "Felicidade não existe."
O intelectual: "Não no sentido lato."
O empresário: "Desde que haja lucro."
O operário: "Sem emprego, nem pensar!"
O cientista: "Ainda será descoberta."
O místico: "Está escrito nas estrelas."
O político: "Poder"
A igreja: "Sem tristeza? Impossível.... (Amém)"

O poeta riu de todos,
E por alguns minutos...
Foi feliz!

Juliana Alves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.