sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

O Caminho

O Caminho

Você está exatamente onde você desejou estar
Você tem exatamente tudo que desejou ter
Independente de merecimento ou não
Você desenhou o mapa do seu caminho, do seu destino
Tal qual um carro na estrada que você está no comando
Você está seguindo para onde você quer ir
Não. Não adianta se queixar dos buracos
Foi você quem escolheu passar por eles
Você está exatamente onde você desejou estar
Você tem exatamente tudo aquilo que desejou ter
Então prá onde você vai agora?
Exatamente para onde você desejar ir
E é lá que você vai ter e encontrar exatamente tudo o que desejou
Consciente ou inconscientemente
Você está exatamente onde desejou estar
Onde você focou os faróis do seu veículo
Onde você conduziu as batutas da sua música
É exatamente onde você está
É exatamente onde você estará

SPassos Sideral Visceral & Surreal, O Puto BRother Quânticko, saudando 2014 consciente & feliz de que está onde sempre desejou estar.

 
***Desenho do adolescente Raulzito Rock Seixas e seu desejo de ser popular em todo o mundo.

quinta-feira, 7 de março de 2013

Aonde você está indo?

Quanto mais estudamos os mistérios do ser humano e do mundo em que vivemos, mais complexos se tornam os mesmos.

Atribuir tudo ao divino, como faz a religião, nos isenta de qualquer responsabilidade diante do todo, digo, do mundo e de nós mesmos. Tudo pode ficar muito mais divertido se assumirmos todas as responsabilidades. Como bem cantou Raul Seixas: "É sempre mais fácil achar que a culpa é do outro." Quem, ou o que, seria esse "outro"?

Chegamos ao século XXI com uma considerável parte da população do planeta dotada de uma mentalidade primitiva e, pior, sem compreender exatamente como a mentalidade primitiva funciona de fato. A filosofia e a psicologia podem esclarecer melhor essa questão sobre a mecânica da mente humana. Mas, para iniciarmos esse divertido e confuso estudo, precisamos nos livrar do "estamos muito ocupados pra poder pensar", e como conseqüência estejamos livres de valores previamente impostos como absolutos e, sobretudo, arrogantes.

Então é chegado o momento (embora muitos já venham dizendo isso há séculos) de assumirmos que nada sabemos e o nada saber é, paradoxalmente, o ápice do saber. Conhece-te a ti mesmo e tudo lhe será revelado. Lembra disso? Pois é. O que você está fazendo aí cuidando (muito ocupado) do jardim do seu vizinho? Chame ele pra entrar nessa brincadeira de conhecer a si mesmo. Não se esqueça, meu amigo, de chamar o seu vizinho. Lembra dessa também?

Tudo o que percebemos/sentimos com nossos 5 sentidos faz parte da ilusão do existir. Da ilusão dos dogmas e valores inventados por outros que não eram nós. Sacou? Que despertemos o nosso "Sexto Sentido", aquele onde todas as regras, literalmente, inexistem. Onde somos totalmente donos de tudo e de nada. A tal Terra do Nunca, o mundo atrás do espelho de Alice, da Loucura Lúcida, do foda-se o sistema (sistema compreende-se por política, religião e forças armadas) e suas armadilhas fazendo com que incautos se rendam e sejam medíocres acreditando que vão pra algum lugar depois que deixarem de existir neste mundão velho e sem porteira.

Nada e ninguém vai nos perdoar ou condenar senão nós mesmos. Basta nos conhecermos mais profundamente para, então, podermos iniciar uma suposta compreensão do todo e então terminarmos exatamente onde tudo começou, ou seja, no nada saber. E é aí que tudo fica muito mais lúdico mesmo, começa a fazer mais sentido até o que não tinha sentido, mesmo que valores retrógrados e absolutos tentem, frustradamente, "provar" que não. Vamos assumir nossa responsabilidade com o todo, com o tudo, com o nada e com nós mesmos. Chegamos onde chegamos porque queríamos chegar onde chegamos. Teu carro, avião, ônibus, bike ou skate te levam aonde você quer ir, logo, o mesmo ocorre na tua vida. Ou você vai seguir enfrente olhando pro espelho retrovisor? Vai bater no primeiro poste, no primeiro muro, ou cair no primeiro abismo. Você escolhe aonde quer ir. Aonde quer chegar. Todo o resto são suposições. Pense nisso!

Fecho essa divagação de hoje com algumas palavras de Schopenhauer: "Muitos livros servem apenas para mostrar quantos caminhos falsos existem e como uma pessoa pode ser extraviada se resolver segui-los. Mas aquele que é conduzido pelo gênio, ou seja, que pensa por si mesmo, que pensa por vontade própria, de modo autêntico, possui a bússola para encontrar o caminho certo."

SPassos Sideral Visceral & Surreal, o Puto BRother, aquele que você ama e odeia ao mesmo tempo.

No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo que você é, e outras, que vão te odiar pelo mesmo motivo. Acostume-se a isso.

E os fatos ainda continuam prevalecendo sobre os documentos.





E não temer
A velha história do mal
Tão conhecida
Que já nem pode mais nos assustar
(...)
Viver é coisa irreal
Uns chamam de magia e é tudo tão normal
Mas tá legal
Tem mágica solta no ar




sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Diário de bordo: Loucura Pouca É Bobagem (antes que o mundo acabe)

Diário de bordo: Loucura Pouca É Bobagem (antes que o mundo acabe)

Diz um velho deitado que "é lícito enlouquecer uma vez por ano". Acho que estourei minha cota esse ano por uns 2 séculos. O que será de mim em 2013?

Já um outro velho deitado diz que "se o louco persistir em sua loucura, acabará sábio". Tenho dúvidas em relação a isso, embora seja fato que "alucinar não é enxergar e escutar o que não existe e sim a capacidade que só os loucos têm de perceber clara e distintamente o que existe dentro deles mesmos". Logo...

Jack Kerouac diz em seu maravilhoso "On The Road" (que li ainda na adolescência, mas nunca esqueci desse trecho) "E eu me arrastei, como tenho feito toda a minha vida, indo atrás das pessoas que me interessam, porque os únicos que me interessam são os loucos, os que estão loucos para viver, loucos para falar, que querem tudo ao mesmo tempo, aqueles que nunca bocejam e não falam obviedades, mas queimam… queimam… queimam como fogos de artifício em meio à noite.” Me parece que minha vida toda foi e continua sendo exatamente assim, as vezes me parece que sou um "para-raios de loucos". Os fatos corroboram isso.

Mas, finalizando - porque já estou excedendo minha loucura nessa louca madrugada -, não posso deixar de citar "O Lobo Da Estepe", de Hermann Hesse, o livro que melhor me traduz na atualidade, embora também o tenha lido há décadas e continua cada vez mais pertinente. "Só Para Loucos (...) E, de fato, se o mundo tem razão, se essa música dos cafés, essas diversões em massa e esses tipos americanizados que se satisfazem com tão pouco têm razão, então estou errado, estou louco. Sou, na verdade, o Lobo da Estepe, como me digo tantas vezes — aquele animal extraviado que não encontra abrigo nem alegria nem alimento num mundo que lhe é estranho e incompreensível." Não por acaso, num dos meus heterônimos, assino Steps (Passos, em Inglês) fazendo referencia ao Steppenwolf, de Hesse que também diz que "a sabedoria não pode ser transmitida. A sabedoria que um sábio tenta transmitir soa mais como loucura".

Poderia escrever um pouco mais sobre as minhas múltiplas, contraditórias e loucas personalidades, mas estou louco pra dormir.

Boa noite!


Não há ninguém que possa me culpar.
Vida abstrata, valores éticos, sabores cítricos.

SPassos Sideral Visceral & Surreal, o Puto BRother que olhou pro mundo e viu que tudo era maravilhosamente insano.     Sylvio Steps - EZKARÉLOKU (P) 1985

domingo, 29 de abril de 2012

Pensando em você. Em você.

A população atualmente no mundo é de mais de 7 bilhões de pessoas. Se eu conseguir fazer só uma dessas pessoas feliz, me dou por realizado. Valeu a pena ter passado por essa vida, por este planeta.

SPassos Sideral Visceral & Surreal, aquele, o Puto Brother.




terça-feira, 27 de março de 2012

É pena não ser burro. Não sofria tanto.

Diante de tantos (e óbvios) escândalos envolvendo religiões e religiosos, fica também óbvia a conclusão de que a inteligência não te leva pro céu. O que te leva pro céu é a burrice mesmo. Como dizia meu amigo Raul: "É pena não ser burro. Não sofria tanto."

SPassos Sideral Visceral & Surreal, aquele, o Puto Brother cheio de motivos com toda essa putaria.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

A Busca

A busca pela verdade é para todos, mas o encontro com ela é pessoal e intransferível.

SPassos Sideral Visceral & Surreal, aquele, o Puto Brother


http://www.youtube.com/watch?v=PY6T3CmpEbY

Ou EU, ou o Rock and Roll!

Então ela se aproximou de mim com um brilho estranho no olhar e aquele sorrisinho sapeca nos lábios e disse: Muito prazer!
Rapidamente, olhando bem no fundo dos olhos dela, falei: Com prazer é mais caro, honey.
Ela rapidamente começou a vasculhar sua bolsa e na mesma rapidez me apresentou seu American Express Card dizendo: Aceita cartão?
Phodeu!!!!

Passaram-se alguns meses e, como era de se esperar, ela surtou e gritou comigo: Ou EU, ou o Rock and Roll!
Sinto saudade dela.

SPassos Sideral Visceral & Surreal, aquele, o Puto Brother.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Sylviossaurus, a espécie mais antiga do mundo.

Sylviossaurus, a espécie mais antiga do mundo.

A espécie mais antiga do mundo foi o brasileiro Sylviossaurus, também conhecido no meio paleontológico como SylvioSarruz, já que tratava-se de um espécie muito dócil e brincalhão, era o arlequim das espécies do período Carniano fauna do Triássico superior, cerca de 230-228 milhões de anos atrás.

Há indícios que os sylviossauros, dentro da linha evolutiva das espécies, foi o único a evoluir de quadrúpede pra bípede. Estudiosos atestam na Darwin Magazine que foi também o primeiro ser com características humanas antes do macaco, chegando a formar o Império Romano com a alcunha de SylviuzPassáruz, Ave Chester!!!

Cientistas mantém em segredo, trancado a 7 chaves, todos os indícios que evidenciam a existência de tão rara espécie. Estudos minuciosos estão sendo realizados para em breve serem anunciados ao mundo numa coletiva universal por todos os meios de comunicações. O mundo não será mais o mesmo depois dessa extraordinária descoberta.

Informou o seu Repórter da Verdade

http://www.youtube.com/watch?v=6MPD2GTaXTI