sexta-feira, 8 de agosto de 2008

08/08/08



08/08/08

Harmonia?!?!
Onde?
Quando?
Por quê?
Não!!!
Não existe, se você não enxerga.
Eu enxergo. Mas, e daí?
Bah, tchê!
Uai, sô!
Porra, meu!
Tô virado na porra!!!

E de todas as mentiras
Eu ainda prefiro as minhas
São mais verdadeiras, mais convincentes
Nada óbvias

E quando todas as luzes se apagaram
Quando o amor parecia imposSylvio
Você surgiu como um refletor
Que mostrou-me uma saída no final do túnel.

Minha mente, meu coração, minha alma
Clamam por gargalhadas feito as de Mozart
Em Amadeus.
Recuso-me a tomar remédios alopáticos
Prefiro os homeopáticos, antroposóficos
Alternativos.
Alternativos?????
Ha ha ha ha....

Absorvo os contrários
Enxergo harmonia no caos
Não necessito do convencionalismo da atualidade
Dos que tentam ser "diferentes" com piercings,
cabelos, roupas, tatuagens... auto-afirmação
Moda retrô, noir, vintage, kitsch...
No final, tribos de iguais, frívolas e vazias.
Nada de novo no front.
Ohhhhhh, God!!!!

Radical?
Retrógado?
Não, meu amor!
Confuso.
Maravilhosamente confuso.
A confusão aponta caminhos para a compreensão.

O mundo é uma repetição.
A vida é uma repetição.
Como dizia meu amigo Raul:
É tudo mentira/Quem vai nessa, pira!
E pra onde devemos focar nossos corações?
Talvez essa coisa toda seja a resposta do nada
Que todos tentam preencher
E se iludem com prazer fugaz.

O que isso tudo quer dizer?
Nada, para alguns.
Tudo, para outros.
Para mim, apenas um vômito
Um despejar aquilo que sufocava.
Sem se preocupar com porra nenhuma.

É isso.
E lá se foi mais uma garrafa de Jack Daniels
E vários maços de cigarros.

Confusion will be my epitaph.

Steps, 08/08/08

15 comentários:

Erika Bet disse...

maravilhosamente insano!!!

J.C disse...

'um diálogo do mundo moderno..o vazio"!

Janaaa! disse...

"E de todas as mentiras
Eu ainda prefiro as minhas
São mais verdadeiras, mais convincentes
Nada óbvias"


Eu também Sylvio... Eu também.

:)

Janaaa! disse...

Hey!

Hoje fazem 19 anos que nosso cumpádi pegou o trem, né?


(devia ser feriado. é dia da saudade)

Anderson jones disse...

muito legal por ser bem original
silvio silvestre vc é um mestre
alem do todo adorei essa parte
(Absorvo os contrários
Enxergo harmonia no caos)

vanda disse...

parabéns por tudo q escreve...vc é incrivelmente inteligente no racicínio lógico da razão e mente humana

cris disse...

08.08.08 meu niver e alguém sentado lá e escrevendo o que é realmente uma realidade...

eu, tava assoprando minhas velas...

eitcha q vc escreve D+!!!!!!!!

Anônimo disse...

"Alternativos?????
Ha ha ha ha...."

Até os alternativos debandam pro outro lado.

Diego Paulo disse...

Texto foda.

Anônimo disse...

''O mundo é uma repetição.
A vida é uma repetição.''
Essa parte é a melhor!
.
estava eu aqui no meu blog, e resolvi dar uma volta por esse mundo, fui colocando para o proximo blog, me deparei com esse aqui, li o texto e isso realmente é fantastico...
parabéns....
.
.
Gustavo Olivier Brassalotto!

Augusto disse...

Confusão, loucura, seja lá o que for eu chamo de tempero do mundo. Imagine se Bob Dylan não fosse um louco ou Jim Morisson ou a Janis. Cara imagina só se o Raul tivesse resolvido todos os seus anseios ? NÃO EU GRITO !!! Grito não ao padronizado. A beleza se faz na loucura... Você já imaginou um poeta inspirado em coca-cola ?
Então que sejamos todos confusos e loucos... E muitos vão nos amar sem mesmo sabermos... Seremos seguidos mesmo escondendo nossas pistas pela trilha... Corajoso é aquele que assume a loucura. E loucos de pedra vamos com fantasia de sábio vomitar nossa alma.

Felipe Braga disse...

Muito bom. Passando pela primeira vez por aqui, gostei muito. É bem original!

"E de todas as mentiras
Eu ainda prefiro as minhas
São mais verdadeiras, mais convincentes
Nada óbvias"

Também me amarrei nessa parte!
Parabéns!

fabio disse...

Belo poema. Não explicada nada, mas expõe as perguntas. As respostas são passageiras, mas as perguntas eternas.

Nayara V.A.S disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nayara V.A.S disse...

"O mundo é uma repetição.
A vida é uma repetição.
Como dizia meu amigo Raul:
É tudo mentira/Quem vai nessa, pira!
E pra onde devemos focar nossos corações?
Talvez essa coisa toda seja a resposta do nada
Que todos tentam preencher
E se iludem com prazer fugaz."

Quando li essa parte passou um vulto na minha cabeça me lembrando Niet...xD
entre alguns de seus pensamento que me lembrou esta relacionado tem algo que ele dizia:
pra que a verdade e pra quem a verdade?

>.<
gostei mto o que li aqui em seu blog. ;)
gosto de desabafos como esse...
fique na paz
\o